domingo, 30 de maio de 2010

refrão



os ventos são algazarras
do infinito
em nossos cabelos gris

(bis)


(poema do livro Texto Sentido, Ed. Bagaço-PE, 2007. Lau Siqueira)

ENSAIOS RADIOATIVOS
Recebi o livro Ensaios Radioativos, do poeta Márcio-André e fiquei bastante impressionado com a criatividade dos textos e com a profundidade suave dos temas abordados. O poeta nos mostra que para ser consistente não precisa ser hermético e muito menos chato de galochas. Voto em Márcio-André para presidente da República. Muito interessante o texto onde ele faz uma reflexão sobre o ego dos poetas. Confira o site: http://www.marcioandre.com/

FENARTE
Como sempre, com alguns equívocos, com o privilégio de umas áreas sobre outras, com algumas escolhas infelizes para esse tipo de evento, como o popularesco grupo Capim Cubano. Alguns momentos de visível desorganização mas, mesmo assim, a turma da FUNESC –Fundação Espaço Cultural, comandada por Maurício Burity, está de parabéns. O Festival Nacional de Artes da Paraíba continua sendo um dos mais importantes acontecimentos culturais do País. O show de Lenine foi tudo de bom.

SALÃO DO LIVRO DA PARAÍBA
Está previsto para setembro o Salão Internacional do Livro da Paraíba. Espero que não seja como a Bienal paraibana que nasceu e morreu numa disputa. Em ano eleitoral tudo é possível, mas devemos estar atentos ao que possa fluir em termos de futuro para a literatura da Paraíba a partir de eventos desse porte.

A POESIA RADIOATIVA DE MÁRCIO-ANDRÉ

E no caminho do menosprezo pelas coisas, encaramos a desmoralização dos deuses. o sagrado afasta-se do sagrado, e fica o rito em sua pura instrumentalidade – isto é: apartado do mito. Deuses que integravam os cultirs consagrados à terra, as festas ao céu, a auto-transmutação nos transes coletivos, tornaram-se os espíritos doentes dos males da individualidade crônica: os demônios opressores dos cultos pentecostais, a razão dos alcoólatras, os responsáveis ocultos dos crimes passionais, a inambigüidade poética que hoje acompanha os loucos. Deuses enfermos e tortos que se vendem por numa garrafa de cachaça. Tudo em nome de um outro deus solitário, enfadonho e (apesar de ter lá seus heterônimos) impotente em ser plural.

(A permanência dos deuses, texto de Márcio-André, no livro Ensaios Radioativos. Editora Confraria do Vento-RJ)

5 comentários:

Isabella Nucci disse...

Passei pra te desejar uma boa semana. O blog continua um sucesso!
Beijos.

Perto dos teus Sonhos disse...

Oi quando puder de uma visitada no meu blog! Adoro o seu
Boa Semana

Maíra disse...

Nome: maíra barbosa

Telefone: 33 3764 5021

E-mail: mairabarbosa43@yahoo.com.br

Cidade: leme do pradoo

Estado: MG

Mensagem: Tenho 18 anos, sou estudante de Ciências Econômicas, apaixonada por ciência, história, direito, literatura, computação, economia e tecnologia. Eu gostaria de epedir que me enviassem títulos concedidos como cortesia, gosto muito de ler e ficaria muito agradecida se me ajudarem. Meu endereço: Nome: Maíra Barbosa Rua Rafael de Souza, Acauã, Leme do Prado-MG Cep 39655-000

A Equipe disse...

Meu Blog Tem Conteúdo

Seleção dos Melhores Blogs Culturais do Brasil!
http://meublogtemconteudo.blogspot.com/

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você está fazendo parte da maior e melhor
Seleção dos Melhores Blogs Culturais do Brasil!!!!
-Só Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs Culturais do Brasil!

O seu link encontra-se Aqui:

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/


Pegue nosso selo em:
http://meublogtemconteudo.blogspot.com/


Um forte abraço,
Da Equipe do Meu Blog Tem Conteúdo

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/

Marli Reis disse...

Eu passo, e quando passo...

Bj

Marli Reis