quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

tulipa





olhar de pássaro
em pétalas retidas


beleza que fere
e impulsiona o hálito
delicado do vento

(poema vermelho – lau siqueira)

PROVOCAÇÃO VERMELHA
Até o início do ano mantive o blog Poesia é Risco, com a artista visual Luyse Costa. Por algum bloqueio do destino demos um tempo na produção. Recentemente, nos encontramos e decidimos retomar os trabalhos. Poesia é Risco é uma provocação à criação permanente. Conversamos rapidamente, ao vivo, por telefone ou pela net e decidimos um tema. Então, escrevo um poema e ela desenha. Assim nasceram os posts que, agora, deverão retornar. A provocação de Luyse foi aceita com o poema acima, escrito neste momento, diretamente para a caixa de mensagens da moça. Conheçam o blog Poesia é Risco!


II FEIRA LITERÁRIA DE BOQUEIRÃO
A Paraíba entrou definitivamente na rota dos eventos literários. Em novembro aconteceu o I Salão Internacional do Livro, em agosto, o III Agosto das Letras, tivemos ainda em novembro o I Seminário de Literatura do SESC. Agora, com a segunda edição da Feira Literária de Boqueirão, o interior da Paraíba começa a afirmar sua presença numa ação cultural restauradora da memória literária na terra de Augusto dos Anjos. O II FLIBO acontecerá em março. Aguardem. Vem coisa boa por aí. Confiram no site Overmundo.


POETAS DO SÉCULO XXI

A Antologia "Todo começo é involuntário - A poesia brasileira no início do século 21", organizada pelo poeta e crítico Claudio Daniel para a Lumme Editora será lançada no dia 19 de dezembro, às 19h, na Casa das Rosas (SP). Cláudio comentou a respeito quando esteve aqui em João Pessoa, no Seminário de Literatura do SESC. É a novíssima geração de poetas tendo a sua produção registrada. Uma grande sacada do Cláudio Daniel.

POEMA DE ANTÔNIO MARIANO

um copo-cerveja
tantos, tontos quês a limpo
e nele me vejo

(poema do livro Gozo Insólito, o primeiro do poeta, publicado em 1991)

3 comentários:

Ana Carolina disse...

quem agradece sou eu :) obrigada pela delicadeza de suas palavras...

Lau Milesi disse...

Boa noite, poeta Lau Siqueira,sua poesia vermelha é linda.
Quero saber se posso na minha próxima postagem publicar um poema seu. Trabalho com Assessoria de Imprensa e gosto de divulgar, principalmente, escritores e poetas brasileiros.
Um abraço e muito obrigada por estar na lista de amigos da minha tribuna virtual.

AC disse...

Cheguei aqui seguindo a dica de Lau Milesi, sua admiradora confessa.
Ainda não vi (li) tudo, mas estou a ficar maravilhado.

Abraço