algumas palavras


 

não usei o veneno
nem cumpri a tempestade
na parte que me cabe


não punguei minhas asas
nem fechei minhas páginas

segui caminhando com
as abelhas e as cigarras
: mel e canto do futuro

num traço delicado e denso
estirei minha alma para os
canteiros que colhem

as melhores chuvas


(poema vermelho – lau siqueira)

A POESIA QUE ME CABE - Por alguma razão alguém passa décadas e provavelmente a vida toda, escrevendo poemas. Logicamente que não apenas poemas, mas muito especialmente poemas - no meu caso. Palavras sempre jogadas na flutuação duma garrafa de versos. Palavras navegantes de águas profundas, respirando o vidro e o silêncio. É assim que se passam os dias nesta vida que aprendi a cuidar como um valor que vai muito além de mim. Escrevo sempre como se fosse a última palavra e como se sentisse uma estranha necessidade de me comunicar comigo mesmo nos dias que ainda nascerão.

O PAPO DOS BLOGS - Escrevi um artigo sobre a importância dos blogs para a poesia contemporânea. Um texto que repercutiu bem mais que eu esperava. Está entre os mais lidos do site Cronópios. Foi publicado no meu blog, Pele Sem Pele, www.lau-siqueira.blogspot.com , no jornal Contraponto e agora num site que eu não conhecia, cujo nome me foge no momento. (ainda resgato e apresento aqui) Além de exercitar permanentemente a linguagem poética, sem muitas pretenções, vou escrevendo sobre algumas questões do nosso tempo. Logicamente que com um olhar de minha inteira responsabilidade, seja do ponto de vista ético ou estético.

NAÇÃO PARATIBE - Paratibe é uma pequena comunidade quilombola da zona rural de João Pessoa cujo reconhecimento está sendo finalizado. Um processo bastante difícil uma vez que os interesses imobiliários na área desenham um cenário de uma lucrativa barbárie.  Ainda assim gostam do embate aberto. Estão desmatando de forma descarada uma área de preservação e querem, logicamente, também as terras quilombolas. Estão ameaçando pessoas. As famílias que lá residem sobrevivem da pesca e da agricultura há mais de 200 anos. O quilombo está pulsando. Agentes públicos da Prefeitura, do Estado, do Incra e do Ministério Público estão caminhando com a Associação Quilombola, para garantir os direitos da comunidade. E a palavra é avançar!


POEMA DE BRUNO GAUDÊNCIO


Eu
cheio de ossos e intenções
perturbo
com meus versos curtos
e dedos longos

o sentido das trevas que me
pertencem.

(Versos Íntimos, poema do paraibano Bruno Gaudêncio. Do livro O Ofício de Engordar as Sombras – Edições Sal da Terra-PB)





Comentários

Massa Lau! O poema em vermelho e a reflexão sobre o labor com a linguagem poética. É preciso escreve com amor e com raiva! Passaria horas por aqui colhendo boas idéias. Mas o tempo tem sido muito escapista, venho de vez em quando.

Outra: quero parabenizá-lo pela construção do Artistas PB. Tô divulgando.

te conto que retomei o blog Sem Lugar, vez por outra, na brecha, dê o ar da graça por lá! Ficaria feliz em saber. Estou postando alguns breves registros sobre literatura, cinema, música, cotidiano... a partir da experiência que tenho vivido aqui em La Paz, na Bolívia, onde estou temporariamente vivendo. Além disso, divulgo alguns poemas de um novo projeto poético, Tempo Grave.

Um grande abraço e ânimo de sempre
Jairo Cézar disse…
Texto fantástico. Publiquei também no meu blog. Foi o post mais visitado da semana.
Em tempo, gosto muito desse poema de Bruno.
abraço
N disse…
Adoro me embrenhar por aqui...
E me embriagar de poesia...
Lau Siqueira disse…
Vamberto e Jairo, gracias pelas visitas, poetas. Nicinha, venha sempre. O vinho é farto nas palavras,,,
Lau Siqueira disse…
Vamberto e Jairo, gracias pelas visitas, poetas. Nicinha, venha sempre. O vinho é farto nas palavras,,,
CHIICO MIGUEL disse…
Lau Siqueira,
SUA POESIA É MUITO BOM. SEU BLOG (OU É SAITE?) TAMBÉM.
SEM AUTORIZAÇÃO PREVIA COPIEI O ARTIGO SOBRE OS BLOGUES E A POESIA DO MUNDO ATUAL NELES DIVULGADA. E COMO GOSTEI E ENTENDI SUA INTENÇÃO, SUA INICIAÇÃO A UM PROBLEMA QUE TAMBÉM É SOLUÇÃO (ou quase), copiei
no blogue CHICO MIGUEL, da Revista Mais Foco.
Meus blogues mesmo são:
http://franciscomigueldemoura.blogspot.com
http://cirandinhapiaui.blogspot.com
http://abodegadocamelo.blogspot.com
J.Nunez disse…
EU NÃO POSSO FICAR DE FORA, POR ISSO ESTOU AQUI E VOU TE SEGUIR..
Nossa!!!

http://www.brunamariarocker.blogspot.com
Lau Siqueira disse…
Chico, mujito obrigado. acho que temos sim que debater esses temas de interesse dos escritores. Nunes, nunca é bom ficar por fora... rsrsrs. Bruna, a Casa é Nossa mesmo. avbraços!

Postagens mais visitadas deste blog