Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2011
convergência








espelho d'água
que turva diante do pássaro sem
plumas




costume de unhas
na pele calcinada
do ar

(poema vermelho – lau siqueira)


LANÇAMENTO EM NATAL – No próximo dia 10 de setembro estarei lançando o meu Poesia Sem Pele no Café Salão (Duque de Caxias, 110 – Ribeira) em Natal-RN, às 20 horas. Estou contando aí com a valiosa articulação do poeta potiguar Carlos Gurgel.
A RAZÃO DO EVENTO – Lançar livros tem sido um bom motivo para encontrar amigos escritores de todo o país. Em Natal, não será diferente já que poderei abraçar poetas que admiro como Jarbas Martins e Moacy Cirne que, segundo fui informado, está novamente residindo em Natal. Além de muitos outros que conheci pelos caminhos da poesia.
A IMPORTÂNCIA DA LEITURA – Também agora em agosto estarei conversando sobre a importância da leitura num evento realizado no teatro do SESI, em João Pessoa e participando de uma mesa na Bienal do Livro de Pernambuco (dia 24), junto com o escritor do Siarah, Pedro Salgueiro. Também em Reci…
zabelê





no sol cabralizante
do verso existe um elo
e uma rachadura de eixo


( texto e contexto
  no incêndio das
  pálpebras )


linguagem rupestre dum
rio que percorre a palavra
no insano vapor do instante

instinto e lucidez de pedra
no sumidouro da espuma


pluma na fenda da loca e
antropologia num reisado de olhar cariri

(...e a certeza dos poros
vai bebendo nossos
óleos...)
(poema vermelho – lau siqueira)


POEMAS RUBROS – meu blog Poesia Sim faz parte de um exercício de criação poética. Os poemas vermelhos são criados na medida dos posts. A experimentação, a elaboração, logicamente, vem antes... Aliás, a elaboração vem com o que experimento em sensações e derramo da forma que aprendi a planejar e elaborar meus poemas. Entre um racionalismo sonhado e um sonho racionalizado. Nada é mais carregado de linguagem que a vida. Os livros estão na vida, mas não são podem substituí-la. Os intelectuais são os outros, sempre. Já o blog Pele Sem Pele é do mesmo jeitim, só que com experimentos de análise de obras…