domingo, 20 de novembro de 2011

miragem




tua pele

              monja

tatuada n’algum
espelho marginal
das águas

é um hiato solar


(poema vermelho – lau siqueira)

QUARTA NA UFPB  - Na última quarta-feira estive aula do Curso de Letras da Universidade Federal da Paraíba, a convite do Doutor em Literatura, professor e grande  poeta paraibano, Sérgio de Castro Pinto. Conversei sobre a minha trajetória literária, sobre a vida, sobre as minhas influências, respondi perguntas, ri, tirei fotos e saí feliz da vida. Soube que também a turma achou bacana. Bacana também foi o suave tumulto em busca do meu livro, Poesia Sem Pele.

QUINTA EM BOQUEIRÃO – No dia seguinte estive, juntamente com os amigos e poetas Bruno Gaudêncio e André Aguiar no primeiro dia da programação literária do Balaio Cultural, promovido pela Secretaria de Cultura do Município.  Foi um bate-papo sobre literatura com alunos das escolas municipais. Boqueirão vem se destacando pela realização de eventos culturais. Na programação deste ano, nomes conhecidos como o cantor Geraldo Azevedo e ator Luiz Carlos Vasconcelos.

NEM FUI À FLIPIPA -  Também no dia 17 eu estava convidado para participar da caminhada literária na Festa Literária de Pipa – FLIPIPA. Com a aproximação da data e sem qualquer confirmação, fui conferir o site e vi que a programação tinha sido fechada e sem o meu nome. Alegaram falta de recursos. Sem problemas. Essas coisas acontecem. Fechar programações é sempre um estresse. Infelizmente nem pude ir à bela praia da Pipa conferir a boa programação do evento. Vida longa à FLIPIPA!

POEMA DE REYNALDO DAMAZIO

miro tua
tatuagem
tateio tua
miragem

(Psycho, poema de Reynaldo Damásio, no livro Nu Entre Nuvens – Editora Ciência do Acidente)

Um comentário:

sandra camurça disse...

Gostei muito dessa miragem :)
Beijos