Translate

quinta-feira, 7 de junho de 2012

canto de rua



                     meu canto
não secará o esquecimento
nem logrará o êxito de hit
                  do momento

              meu canto
levanta os relâmpagos
do fundo da terra e
espalha a voz dos trovôes
por sobre as madrugadas

depois recolhe as sandálias
do menino que sonhou
            com a alvorada

no berço esplêndido
da calçada


(poema vermelho – lau siqueira)
LIVRO DO ANO – Fui surpreendido por um e-mail da minha editora e amiga, Laís Chaffe, informando que meu livro  POESIA SEM PELE, lançado no dia 5 de maio de 2011 na Casa de Cultura Mário Quintana em Porto Alegre, teria recebido a indicação do prêmio AGES – Associação Gaúcha de Escritores. Na verdade, um dos 3 indicados ao prêmio de Livro do Ano, na categoria poesia. Quando Laís informou que iria inscrever esta publicação da Casa Verde, gostei da notícia, mas não esperava que chegasse a tanto.

LIVRO DO ANO I – Segundo Laís os finalistas foram definidos pelo júri técnico composto por Márcia Ivana Lima e Silva, Professora Doutora em Literatura; Diana Marchi, Professora Doutora em Literatura e por William Bonavides, Professor e Mestrando em Literatura. Na segunda fase, todos os sócios da AGES votam, até o dia 30 de junho. No entanto, ter chegado até aqui pra mim já é o grande prêmio, considerando que estou fora do Rio Grande do Sul há 27 anos.

CORREDOR DA LEITURA – O Projeto Corredor da Leitura é um projeto que tem como objetivo incentivar a leitura e o acesso ao livro. Nasceu no corredor principal da Secretaria de Desenvolvimento Social da Prefeitura de João Pessoa e está em fase de expansão pela cidade. Agora o Corredor possui uma voz para o mundo. André Ricardo Aguiar e Valeska Asfora, parceiros nesta maluquice, inauguraram o blog Corredor da Leitura que pode ser acessado aqui.
POEMA DE MÍRIAM DE CARVALHO


Nos meandros do tear, tessituras
abrindo-se em rendas. Ao acolher

olhar e visitante, saciados repousam
Enlaçamento e intervalos.

E, molhadas, as nervuras teceram-me
novelos de pelo e gozo.

(poema Fios de Eros I, do livro Teia dos Labirintos. Editora Escritura)

Nenhum comentário: