domingo, 19 de maio de 2013


DIÁRIO

no topo da taipa os
trançados do vento
e um rapa de
pássaros sobre
toscas e invisíveis
sobras

meu dorso no corpo
que comove o cerne
da couve

o que dissolve
e mina os olhos
cravados no vôo

o que parece livre
no abandono

(poema inédito)

COLETÂNEA DE POESIA GAÚCHA CONTEMPORÂNEA
– Será no dia 04 de junho, no Teatro dante Barone da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul a coletânea organizada por Dilan Camargo que eu tenho a honra de integrar. Entre os poetas que integram a Coletânea, destacamos Carlos Nejar, Ricardo Silvestrin, Armindo Trevisan, Frabrício Carpinejar, Lais Chaffe, Diego Petrarca, André Dick, Eduardo Sterzi,  Lya Luft, Luiz de Miranda, Martha Medeiros, Nei Duclós e outros.

A VOLTA AOS PAMPAS – Depois de 28 anos fora do Rio Grande do Sul, residindo na distante Paraíba, minha aproximação com a poesia da minha terra se intensifica. Meu livro Poesia Sem Pele foi publicado pela editora gaúcha Casa Verde e chegou a ser finalista do Prêmio Livro do Ano, oferecido pela Associação Gaúcha de Escritores, tenho artigos publicados na revista Vox, do Instituto Estadual do Livro, participei do projeto de Poesia no Ônibus e do projeto Cidade Poema, entre outras ações.

MORADAS DE ORFEU – Também tive a hinra de ver meus poemas publicados na antologia Moradas de Orfeu, reunindo poetas do Rio Grande do sul, Paraná e Santa Catarina. A publicação saiu pela editora Letras Contemporâneas e a organização foi de Marco Vasquez.

IDADE DA PERDA (II)

viver é jogar a alma
num abismo e tangê-la
pelo avesso do corpo

é sempre um muito
tão pouco

até que respirar
se torne um verbo
finito

e um grito
no oco

(LS)

2 comentários:

varandasazuis disse...

Lindíssimo...de uma sensibilidade que toca a alma, meus parabéns! abraços, ania...

Ricardo Mainieri disse...

Parabéns, Lau.
É bom se reaproximar dos Pampas.
Saudo a iniciativa, mas tenho certas restrições a figurinhas carimbadas como Luiz de Miranda e Martha Medeiros.
Quanto aos outros nomes meu aplauso.

Abraços tricolores.

Ricardo Mainieri