CONCLUSIVO

a vida
é um surto

e o tempo
cada vez

mais
curto


(poema inédito)

NÃO COPIE SEM AUTORIA – Fiquei de cara outro dia quando vi no Facebook duas das minhas brincadeiras com as palavras reproduzidas sem a minha autoria. É podre divulgar um texto sem citar a autoria. Mas, podemos dizer que é desonesto você pegar o trabalho de alguém ou mesmo parte desse trabalho, expor sem autoria para parecer que é seu. Infelizmente isso acontece e representa um enorme retrocesso.

VILA DO PORTO – Foi transferido para o dia 04 de julho o bate-papo com a poeta Nina Rizzi que vem de Fortaleza participar comigo de um evento que terá como mediador o porta e amigo André Ricardo Aguiar. Certeza de um papo agradável sobre poesia e sobre a vida.

AGENDA DA TRIBO – Aqui e ali encontro pessoas que conheceram meus poemas no famoso Livro da Tribo. Entre essas pessoas, destaco o poeta José Inácio Vieira de Melo que acabei conhecendo na Feira Literária de Boqueirão – FLIBO. A mais recente é de Franca. Bom demais encontrar pessoas que foram encontradas primeiro pela nossa poesia.


MEIA VOLTA


em tudo há
uma certa desordem

ou uma ordem estranha
organizando as coisas
fora da forma

na anormalidade
da norma



(poema inédito)

Comentários

João Renato disse…
Caro Lau,
Copiei o poema "Artéria em pausa" para o meu blog "Ars Longa, vita brevis", onde publico todo dia poemas ou pinturas.
Ele sai amanhã, 07/05.
Abraço,
João Renato.

Postagens mais visitadas deste blog