CRISTAL

era tão delicado
que ao quebrar

não deixou
cacos

nem sangrou
seu pensamento

sem sobras
seguiu na vida


diatraído
com o vento

(LS)

UMA NOVA COLETÂNEA DA POESIA BRASILEIRA


De junho à setembro no Museu da Língua Portuguesa estará acontecendo a exposição Poesia Agora. A exposição acontece a partir de uma seleção de poetas e poemas atualmente em atividade no Brasil. Poetas de diversos estados, as mais diversas linhas criativas. Da Paraíba eu fui um dos selecionados, juntamente com os amigos Linaldo Guedes e Dijavan Luiz. Poetas conhecidos, poetas desconhecidos.Poetas inéditos, poetas que até já receberam o prêmio Jabuti. Enfim... esta é a natureza da exposição.

BUARQUE-SE CAFÉ E ARTE
Localizado em Cabedelo-PB, mais precisamente na praia de Intermares, duas ruas por trás da Empadinha Barnabé, foi inaugurado mais um espaço de poesia na grande João Pessoa. Três jovens empreendedores largaram seus empregos para apostar nos próprios sonhos.O Buarque-se nasce homenageando os artistas da Paraíba. No cardápio, Hermano José (bolo de tapioca), Escurinho (bolo de chocolate), cafés Torquato Joel, Juca Pontes e Lau Siqueira. Uma ideia interessante que torcemos para que se multiplique.

TOQUES

era tão distante o teu sorriso
que eu bebi oceanos inteiros
e um mar mediterrâneo

depois levei tuas mãos
para passear pelo universo
no toque infinito das estrelas

(LS)





Comentários

solfirmino disse…
Eu também tive um poema lá...

Postagens mais visitadas deste blog