OLHAR FOTOGRÁFICO


da tua alma
nem mesmo as minhas mãos
guardam memória

mas é no teu silêncio que
as minhas palavras escolhem
o sol e a lua

vivo minhas distâncias
sem medir o retorno
na pele do teu sonho

(Lau Siqueira)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog