domingo, 22 de novembro de 2015


memória destroçada
qualquer lembrança
é melhor que nada


Escrevi este poemicro no Faceboock,como escrevo tantos outros. Me surpreendeu o interesse da escritora Maria Valéria Resende, amiga querida, nascida em Santos-SP e moradora na Paraíba, como eu. Valéria colocou o poema no livro "Quarenta dias", vencedor do Prêmio Jabuti 2015. Não fosse a atenção de Valéria este texto estaria perdido para sempre na linha do tempo de uma rede social.
Viva Valéria!


é tempo de lama e bala

entre paris e mariana

há um silêncio que fala

Poemicro sobre o atentado em Paris e a tragédia em Mariana-MG.


2 comentários:

Tiago do Valle disse...

Que honra! Enfim, foi merecido. Daqueles raros versos pequenos que são gigantes em significados.

solfirmino disse...

E a França sempre nas notícias. Ontem mesmo teve outa... E o poeta sensível sempre capta.