Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2019

ECLIPSE

toda beleza é ancoradouro
e é barco e é mar aberto e

é farol e é tempestade e é
o azul com arco-íris e é sol bebe a sede que veio
de longe jorrando aos risos num rio
de metal e metáfora toda beleza é pura
e é mestiçagem violeta algo brusca
na manhã que a ilumina no mais
é a vida que ensina

(Lau Siqueira)

SEM PAREDES

A vida é água corrente,
das cheias às estiagens.

O que permanece
é imagem disparada.

Parece um rio e suas
corredeiras num vale
de pedras submersas.

Imóveis, impávidas,
imutáveis na espera. O que permanece é
imagem e memória
pregadas no enigma.

A certeza é um vento
e a vida que bate
no peito.

Essa vida que bate
nos ombros e mesmo
onde pesa crescem
asas...

O instante é o signo
de um infinito veloz.


(Lau Siqueira)